• 24 maio

    Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), cerca de 30% da população do País é hipertensa Determinantes genéticos, sobrepeso, inatividade física influenciam no aumento ou diminuição da pressão arterial de hipertensos e população em geral. A hipertensão, também conhecida como pressão alta, é uma doença crônica que ataca vasos, coração, rins e cérebro, causada principalmente pela contração do próprio vaso sanguíne (...)

  • 18 maio

    Geralmente o pé chato não causa maiores prejuízos, mas alguns casos podem progredir e exigir cirurgia. Veja dicas para promover o desenvolvimento dos pés. Pode reparar: quando a criança é muito pequena, ainda bebê, ela tem a sola do pé reta, sem a curva que impede que ele fique todo no chão. Essa curva, chamada de arco plantar, se desenvolve aos poucos e deve estar totalmente formada por volta dos 6 anos de idade. Entretanto, algumas crianças, principalmente por fatores genéticos, não a desenvolvem por completo (...)

  • 16 maio

    De sabor doce e, ao mesmo tempo, azedo, a amora é uma das frutas mais apreciadas no mundo. Seu formato lembra um cacho de uva em miniatura e sua coloração vermelha ou roxa é bastante característica. Além de deliciosa, é versátil, rica em nutrientes e proporciona benefícios à saúde, sendo bastante conhecida pelas suas propriedades medicinais. Ela é fruto da amoreira, uma árvore da família das rosáceas, e apresenta diversas variedades, como amora-preta, a branca e a vermelha. No entanto, a es (...)

  • 29 abril

    Dor, otorreia —secreção purulenta—, febre, diminuição auditiva, tontura, sensação de ouvido tampado —plenitude aural—, vermelhidão local, sangramento e até perfuração timpânica estão entre os sintomas provocados pelas otites. "Não são simultâneos, mas, de acordo com a localização e o tipo da inflamação, a intensidade e formas de apresentação variam", explica Márcio Salmito, médico do Hospital Alemão Oswaldo (...)

  • 25 abril

    Da Antiguidade até a Idade Média, o coração era tido por filósofos, profetas, escritores como um órgão superior ao cérebro. Achavam que ele era responsável por influenciar decisões e fabricar emoções e sentimentos. Somente com o passar dos séculos e as muitas descobertas que a compreensão sobre ele mudou e, na alvorada da Idade Moderna, o cérebro, enfim, ganhou, reconhecimento. Mas aí veio a Idade Contemporânea e com ela os estudos se aperfeiçoaram. "Hoje, a compreens&at (...)

  • 14 abril

    “Muito normal para ser autista, estranho demais para ser normal”, diz o professor Guilherme Almeida ao comentar sobre como as pessoas reagem a um autista diagnosticado na vida adulta. As noções de “normalidade” ainda presentes na sociedade contribuem para que o Transtorno do Espectro Autista (TEA) seja associado exclusivamente à infância e visto de forma estereotipada. No entanto, o autismo é classificado em três níveis, e é possível ser diagnosticado na vida adulta. “Há 40 anos, só eram di (...)

  • 08 abril

    Nosso Planeta, Nossa Saúde é um movimento para criar sociedades mais preocupadas como o bem-estar e saúde das pessoas e do planeta. Este é ainda o foco deste 7 de abril, quando se comemora o Dia Mundial da Saúde. Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 13 milhões de mortes por ano são atribuídas a causas evitáveis, ligadas ao meio ambiente. Humanidade e ameaça A agência da ONU afirma que a crise do clima é também uma crise de saúde. Em meio à pandemia, a um pl (...)

  • 29 março

    Falsos positivos, doenças reais Analisar tumores de câncer de mama usando programas de inteligência artificial pode trazer benefícios para a assistência médica às mulheres. Contudo, os médicos devem proceder com cautela, porque saltos tecnológicos semelhantes no passado já levaram a taxas mais altas de testes falso-positivos e a excessos de tratamentos, que na verdade prejudicaram as pacientes - de fato, um falso-positivo em uma mamografia aumenta o risco de câncer real na mesma paciente. Este alerta foi publicado em um (...)

  • 23 março

    A pele funciona como um manto protetor do corpo e está conectada com todo o organismo. É o maior órgão do ser humano, além de ser uma das primeiras barreiras do sistema imunológico, que atua contra substâncias, vírus e situações que possam agredir e fazer mal.  Por ser mais fina do que a pele de outras partes do corpo e ficar mais exposta, a pele do rosto está mais sujeita às condições do ambiente, como a radiação solar e outros tipos de agressividade que podem variar de acordo c (...)

  • 21 março

    Novo coronavírus pode provocar desequilíbrios no sistema cardiovascular de adultos jovens e sem doenças preexistentes, diz estudo. Um estudo conduzido na Universidade Estadual Paulista (Unesp) indica que mesmo a infecção leve a moderada pelo novo coronavírus pode provocar desequilíbrios no sistema cardiovascular de adultos jovens e sem doenças preexistentes. A pesquisa indica, ainda, que tanto a obesidade quanto o baixo nível de atividade física são fatores determinantes no pós-Covid, que ajudam a alterar o si (...)

  • 10 março

    As duas doenças têm alta incidência no Brasil O Lilás e o Azul-Marinho são as cores da campanha do mês de março que alertam para a atenção aos cuidados e prevenção do câncer do colo do útero e do colorretal. Considerada a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, o câncer de colo de útero é o terceiro tumor mais frequente na população feminina. O câncer colorretal é o terceiro câncer mais comum entre homens e mulheres no país. M (...)

  • 23 fevereiro

    Casos de perda urinária são comuns seja qual for a via de parto – normal ou cesárea. Veja como lidar com a condição. Ao longo dos nove meses de gestação, o crescimento do bebê – e consequentemente, do útero –, e o ganho de peso contribuem para o aumento da pressão sobre o assoalho pélvico, musculatura responsável por dar sustentação a órgãos como bexiga e intestino. Por esse motivo, é comum que algumas mulheres desenvolvam incontinência urinária d (...)

  • 21 fevereiro

    Táticas para amenizar o suor vão de cremes a cirurgias. Calcula-se que até 5% da população possa sofrer com hiperidrose, condição caracterizada pelo suor excessivo. Embora não seja perigoso, o problema pode comprometer a qualidade de vida, mas tem jeito de amenizar o incômodo. Entenda por que algumas pessoas suam demais e o que pode ser feito a respeito: 1) A origem do suor O suor é um mecanismo de regulação da temperatura corporal. Em toda a pele, temos sensores, chamados termorreceptores periféricos, (...)

  • 14 fevereiro

    ILSI Brasil enfatiza a importância de uma alimentação saudável como medida de prevenção de doenças em todas as fases do desenvolvimento humano. Estudos epidemiológicos e clínicos apontam que a origem das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) pode ocorrer já no início da vida. As DCNT – como cardiovascular, obesidade, diabetes e câncer – representam os maiores problemas de saúde pública no mundo. O problema deve ser percebido como sério devido &agrav (...)

  • 08 fevereiro

    O mês, apesar de ser curto, tem duas importantes conscientizações. Saiba mais sobre o fevereiro roxo e laranja e suas causas. Ao longo dos anos, muitas cores foram sendo associadas às causas de conscientização a doenças – muitas delas graves – e que podem ter um caminho diferente assim que diagnosticada nos estágios iniciais. O mês de fevereiro, assim como janeiro branco, outubro rosa, novembro azul, entre tantos que ainda iremos abordar ao longo do ano, também tem duas causas que estimulam a sociedade a buscar mai (...)

  • 25 janeiro

    Você já teve a sensação de que não conseguia focar em algo ou produzir como gostaria porque o ambiente onde estava encontrava-se bagunçado ou desconfortável? Pois saiba que as condições dos ambientes têm reflexos imediatos na saúde física e mental. Especialistas da área da psicologia chamam isso de relação pessoa-ambiente. "São todas as maneiras através das quais os ambientes influenciam nossos sentimentos, pensamentos e comportamentos e, na outra direção, todos os (...)

  • 20 janeiro

      Desde 2016, o Ministério da Saúde realiza a campanha Janeiro Roxo, de conscientização sobre a hanseníase. Doença milenar – segundo registros médicos, uma das mais antigas da história da humanidade –, a hanseníase é uma enfermidade infecciosa e contagiosa que evolui de forma crônica e atinge pessoas de qualquer faixa etária. Ela afeta, principalmente, nervos, mucosas (como a boca, por exemplo), olhos e pele, mas é passível de diagnóstico precoce e tratamento. Atualmente, o (...)

  • 17 janeiro

    Nutricionista fala sobre os nutrientes e propriedades de cada um: descubra qual promove mais ganhos para a saúde e é o mais indicado para o dia a dia Termos como "gordura boa" e "gordura ruim" se disseminaram nos últimos anos, especialmente em post da internet, e novos estudos e opções surgem diariamente na alimentação de influencers do mundo fit. O óleo de coco é uma dessas alternativas que aparecem como opção natural e boa, mas será que realmente é? E o azeite de oliva, é saudável? Qual d (...)

  • 03 janeiro

    Pandemia muda relações de trabalho e evidencia cuidados com a mente e o emocional; em 2022, síndrome de burnout entra para a classificação internacional de doenças Antes mesmo da pandemia, a saúde mental dos funcionários já estava no radar das empresas, com casos de síndrome de burnout em alta que levaram à maior procura por serviços de terapia corporativa. Mas a crise sanitária mudou as relações de trabalho e acrescentou uma camada de isolamento e medo que não pôde ser dissoci (...)

  • 20 dezembro

    A Academia Brasileira de Neurologia (ABN) faz um alerta sobre o uso da técnica de indução de proteínas de choque térmico para o tratamento de doenças neurodegenerativas. Sobre esse assunto o Tarde Nacional conversou com o Dr. Carlos Roberto Rieder, presidente da ABN. O tratamento por choque térmico, esclarece Carlos, consistiria na exposição do crânio a um aquecimento capaz de produzir um tipo específico de proteínas capazes de reduzir o avanço dessas doenças. "São proteínas bastante (...)

  • 13 dezembro

    Também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, a síndrome de burnout consiste em uma espécie de estresse crônico e de maior gravidade relativa ao contexto de trabalho. Ela se caracteriza por três dimensões: exaustão emocional, despersonalização e baixo sentimento de realização.  Desde sua primeira descrição na década de 1970, o entendimento sobre o tema evoluiu. A OMS (Organização Mundial da Saúde), por meio da Classificação Internacional d (...)

  • 06 dezembro

    Em 2015, aos 32 anos, a roteirista e escritora Renata Corrêa acordou e não conseguiu se levantar da cama. Paralisada, fez mentalmente uma lista de tudo que não estava conseguindo fazer por causa da exaustão. O acúmulo de tarefas, cuidar da filha, Liz, se relacionar, ter mudado de cidade e de profissão e ter passado por uma separação conjugal cobrou a conta: Renata foi diagnosticada com burnout, também conhecido como síndrome do esgotamento profissional. Tentando sempre dar conta de só mais alguma coisa, Renata sofreu o (...)

  • 01 dezembro

    Nesta quarta-feira (1), é celebrado o Dia Mundial de Combate à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids), causada pelo HIV. Em especial, 2021 marca os 40 anos da descoberta do primeiro paciente infectado por este vírus no mundo e, desde então, muitas pesquisas científicas buscaram formas de controlar o agente infeccioso e colocar um fim nesta pandemia — muito mais silenciosa do que a da covid-19. Segundo levantamento da UNAIDS (programa das Nações Unidas), 37,6 milhões de pessoas vivem com HIV no mundo. Em 2020, 73% (...)

  • 23 novembro

    Estudo da Unifesp abre caminho para desenvolvimento de exame de sangue, que poderá ajudar médico na tomada de decisão Foi no sangue de mulheres com tumores de ovário e de endométrio que pesquisadores do Departamento de Ginecologia da EPM-Unifesp (Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo), em parceria com especialistas da Universidade da Califórnia, Irvine, nos Estados Unidos, descobriram fatores que podem indicar quais pacientes terão mais chance de apresentar boa resposta ao tratamento ou recidiva da doença (...)

  • 16 novembro

    A saúde mental interfere diretamente nas escolhas alimentares. Saiba evitar armadilhas A nutrição comportamental é um conceito utilizado por profissionais para balancear boas escolhas alimentares com uma saúde mental positiva. Em tempos de pandemia e confinamento, muitas pessoas foram forçadas a se afastarem de atividades de lazer e entretenimento. Com isso, surgiram inúmeros problemas relacionados à estresse, ansiedade e depressão. E a maneira que alguns encontraram para amenizar os efeitos da quarentena foi descontar todas essas (...)

  • 08 novembro

    Detecção precoce do câncer de próstata passa por avaliação individualizada e exames como PSA e toque retal.  Ilustração: Veja Saúde/SAÚDE é Vital Ninguém nega que a pandemia de Covid-19 provocou uma enorme transformação em nossas vidas. Apesar dos avanços nas tecnologias – como a que permitiu o sequenciamento genético do novo coronavírus em poucas semanas –, sofremos com a falta de conhecimento diante de uma situação inédita. Como essa doe (...)

  • 03 novembro

    Novembro Azul é um movimento mundial que tem como objetivo alertar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, tumor mais comum entre os homens e que esse ano deve ter 65.840 novos casos no Brasil, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer). Neste ano, a campanha também aborda a saúde dos homens de uma forma geral, jogando luz a outros problemas que podem acometer os homens. Pela SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), o tema do movimento é "Saúde Também É Papo de (...)

  • 25 outubro

    Cistos epidermoides são lesões benignas, quase sempre indolores, da cor da pele e de crescimento lento. Cistos são pequenas bolsas de paredes arredondadas, preenchidas por material líquido, fluido ou pastoso, que podem surgir em diferentes locais e tecidos do corpo, incluindo a pele. Existem vários tipos de cistos constituídos por células da pele. Denominados cistos epidérmicos, no CID10 (Classificação Internacional das Doenças), encabeçam uma lista com outros nomes que também designam os cistos de pele (...)

  • 18 outubro

    A atrofia vaginal acontece pela diminuição dos níveis de estrogênio depois da menopausa, mas existem métodos para minimizar seus efeitos. O ressecamento vaginal acontece pela diminuição dos níveis de estrogênio depois da menopausa, mas existem métodos para minimizar seus efeitos. A menstruação representa os anos férteis da vida mulher. Com a chegada da menopausa, por volta dos 45 anos a 52 anos, os níveis de estrogênio vão diminuindo até cessarem por completo. Então, at&e (...)

  • 11 outubro

    O uso indiscriminado de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos pode prejudicar a saúde ocular e acelerar doenças como a catarata O Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São 18,6 milhões de brasileiros que convivem com a ansiedade e a pandemia fez aumentar outro dado preocupante: a quantidade de antidepressivos e ansiolíticos comercializados no país. Entre agosto de 2020 e fevereiro de 2021, um levantamento do site Consulta Remédio identificou cres (...)

  • 01 outubro

    Tumor é o mais comum do Brasil e já atingiu mais de 60 mil pessoas em 2021 Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para os riscos, prevenção e detecção precoce do câncer de mama, tumor que mais acomete mulheres no planeta. De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer), no mundo inteiro, mais de 2 milhões de casos da doença foram estimados para o ano de 2020. E, em 2021, já foram registrados mais de 66 mil casos apenas no Brasil, sendo que aproximadamente 18 mil resu (...)

  • 22 setembro

    Cerca de oito em cada dez mulheres têm algum grau de celulite, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Embora haja no mercado diversas soluções para amenizá-las, nenhuma se mostrou tão resolutiva quanto uma injeção da enzima collagenase clostridium histolyticum-aaes (CCH) aplicada no local. Um novo estudo, envolvendo mais de 800 mulheres com celulite moderada ou grave (graus 3 e 4) e publicado no periódico da Sociedade Americana de Cirurgia Dermatológica, confirmou: aquelas que receberam até três sess&otil (...)

  • 17 setembro

    Sociedade Brasileira de Dermatologia afirmou em nota que não há nenhum tipo de redução ou afinamento do nariz após o uso do produto Mostrar fotos de antes e depois do tratamento com Roacutan, um medicamento para acne, se popularizou no tiktok, rede social de vídeos curtos. O foco, contudo, não é desaparecimento das espinhas, mas sim um suposto efeito colateral: o afinamento do nariz. Especialistas ouvidos pelo G1 afirmam que o medicamento não é capaz de provocar tais alterações. Roacutan é apenas um do (...)

  • 13 setembro

    Muitas pessoas guardam nas suas memórias de infância uma típica exortação materna —olha a postura, meu filho! Porém, para parte dessas crianças, alinhar os ombros, os quadris e se manter ereto era uma tarefa impossível. Isso porque o desalinho poderia ter como causa uma curvatura lateral anômala da coluna vertebral. A esse problema se dá o nome de escoliose.  A condição afeta de 2% a 3% da população em geral, e é mais prevalente entre as meninas, que ainda têm 8 vezes mais ch (...)

  • 02 setembro

    Setembro Amarelo é iniciativa da ABP e do Conselho Federal de Medicina Pelo oitavo ano consecutivo, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) promove, em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), a campanha Setembro Amarelo, cujo tema este ano é "Agir salva vidas". A ação foi iniciada no Brasil em 2014 e visa a reduzir os índices de suicídio. A iniciativa se estende por todo o mês de setembro, tendo como data principal o dia 10 deste mês, quando se comemora o Dia Mundial de Prevenção ao Suicí (...)

  • 20 agosto

    Muito associada a idosos, a demência também acomete adultos jovens. Nessa fase da vida, uma das principais causas do problema é a doença vascular — sozinha ou combinada com o Alzheimer.  É o que confirma um estudo inédito feito pelo Biobanco da FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) já submetido para publicação em revista científica e que está em processo de revisão por pares. Para chegar ao resultado, os cientistas analisaram o cérebro de 275 indivíduos com m (...)

  • 10 agosto

    Mesmo quando já não têm mais o vírus no corpo, pacientes que passaram pela covid-19 relatam uma série de sequelas, que vão desde a perda de olfato até dificuldades em deglutir alimentos. Nutricionistas, por sua vez, afirmam que uma alimentação saudável e adequada pode ajudar na recuperação desses problemas. “Não há um nutriente ou um tipo de alimento que vá tratar os sintomas, mas sabemos que com uma dieta adequada, junto aos tratamentos necessários, os pacientes têm melho (...)

  • 05 agosto

    Data foi escolhida em homenagem ao médico Oswaldo Cruz  No dia 5 de agosto, comemora-se o Dia Nacional da Saúde no Brasil. A data que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da educação sanitária e a ter um estilo de vida mais saudável, foi escolhida em homenagem ao médico e sanitarista Oswaldo Gonçalves Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872. Oswaldo Cruz foi um importante personagem na história do combate e erradicação das epidemias da febre amarela, peste bubônica e a v (...)

  • 02 agosto

    O mês do Aleitamento Materno no Brasil foi instituído pela Lei nº 13.435/2.017 que determina que, no decorrer do mês de agosto, serão intensificadas ações intersetoriais de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno, tais como: — realização de palestras e eventos; — divulgação nas diversas mídias; — reuniões com a comunidade; — ações de divulgação em espaços públicos; — ilumina&cce (...)

  • 12 julho

    A trombose venosa profunda é umas das principais doenças desencadeadas na pandemia Pessoas em home office ficam muito tempo sentadas e é recomendado pausas regulares e caminhadas para circular o sangue Com a pandemia é normal que as pessoas fiquem mais sedentárias, alterem os hábitos alimentares e isso provoca o aumento das doenças vasculares nos pacientes mais jovens durante o período de isolamento social. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, a incidência de TVP (Trombose Venosa Profunda) (...)

  • 08 julho

    Mulheres não devem se preocupar, já que linfonodos regridem. A recomendação é esperar um mês para realizar o exame ou avisar seu médico sobre a imunização. A vacina contra covid-19 pode provocar alterações em exames de mamografia e fazer com que mulheres apresentem linfonodos (ínguas) nas axilas. Os gânglios logo desaparecem, mas estão causando indicações desnecessárias de cirurgias e punções, alerta a Federação Brasileira de Instituiçõe (...)

  • 05 julho

    Até 50% das mulheres desenvolvem hipertensão antes dos 60 anos, mas a doença não é identificada e a subnotificação pode intensificar riscos Identificação tardia de hipertensão pode trazer riscos à saúde da mulher Identificação tardia de hipertensão pode trazer riscos à saúde da mulher RESUMO - Hipertensão em mulheres é subnotificada e confundida com menopausa - Diagnóstico incorreto facilia derrames, insuficiência cardíaca e fibrilaç (...)

  • 02 julho

    A campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil pela Lei nº 13.802/2019 e tem por finalidade reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais. A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas quando aparecem, estes se manifestam na forma de can (...)

  • 22 junho

    Após procuras sobre recuperação muscular posterior à infecção pelo coronavírus, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia compartilha recomendações sobre o tema Os estudos e pesquisas em relação à COVID-19 são incessantes e a cada momento os conceitos estão mais resolutivos. Um dos tópicos que envolve a nossa área é a perda muscular dos pacientes com esta doença e a SBOT escolheu o tema de recuperação muscular em função da grande de (...)

  • 21 junho

    A Covid-19 está diretamente relacionada a alterações neurológicas. Pelo menos é isso que mostram pesquisas recentes. Mesmo pacientes com sintomas leves da Covid podem desenvolver problemas neurológicos. Segundo um estudo brasileiro divulgado na plataforma MedRvix, o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, é capaz de infectar o tecido cerebral.  O estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pela Universidade de São Paulo (USP), mostrou que a doença atinge  os astróci (...)

  • 18 junho

    Especialista em Crises e Emergências ensina como enfrentar os sentimentos causados pela pandemia e melhorar a saúde mental. Medo e ansiedade talvez tenham sido as palavras mais usadas no mundo desde o ano passado, quando a pandemia mudou a forma como todos vivemos, trabalhamos e nos relacionamos em sociedade. A procura por serviços de terapia on-line, segundo pesquisa do Google Trends, cresceu 88% apenas na primeira semana da quarentena no Brasil. Desde então, o País vem registrando um crescimento de transtornos de ansiedade, estresse e depressão. Mais (...)

  • 16 junho

    No inverno é mais comum o surgimento dela devido ao baixo consumo de líquido  A infecção urinária é um problema muito comum entre mulheres durante todo o ano, que afeta de 50% a 80% do público feminino em algum momento da vida, segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo  Com a chegada do frio esse número aumenta. Segundo o Dr. Danilo Galante, urologista o fato das pessoas ingerirem menos líquido no inverno, faz com que sinta menos vontade de urinar, ou seja, como esse ato é (...)

  • 14 junho

    Nascem quase 29 mil crianças por ano com alguma anormalidade na estrutura cardíaca e cerca de 6% delas morrem antes de completar o primeiro ano de vida; data reforça necessidade de conscientização No Brasil, 12 de junho marca o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita, data que reforça a importância do diagnóstico precoce de um grupo de doenças que figura como a terceira principal causa de mortalidade infantil e, por não serem evitáveis, o diagnóstico e o tratamento precoces podem, na (...)

  • 20 maio

    Isolamento social teve algum impacto positivo na dieta da população, mas elas não se estendem a todo mundo. A pandemia do novo coronavírus escancarou os diferentes aspectos da desigualdade social no Brasil. Entre eles, a questão referente aos hábitos alimentares. Enquanto as pessoas com mais estudo em regiões mais favorecidas economicamente passaram a comer de forma mais saudável, reflexo do privilégio de poderem se manter em isolamento social e cozinhar em casa, a população com menor escolaridade de regiões me (...)

  • 17 maio

    O hemangioma infantil é comum na infância e costuma desaparecer após o primeiro ano de vida sem deixar sequelas. Hemangioma é um tumor benigno comum na infância. Ele é formado pela proliferação excessiva e desordenada de minúsculos vasos sanguíneos que se acumulam na pele, ou em órgãos internos.  A lesão vascular pode ser congênita, ou surgir nas primeiras semanas de vida da criança. Inicialmente, consiste num sinal plano, vermelho e brilhante (lembra a cor do morango e da framboesa), que (...)

  • 06 maio

    Sociedade Brasileira de Coloproctologia alerta para importância de diagnóstico e tratamento. Doenças são mais incidentes em pessoas entre 15 e 40 anos As doenças inflamatórias intestinais (DII) atingem mais de 5 milhões de pessoas em todo o mundo, e no Brasil tem sido observado aumento no número de novos casos, nos últimos anos. Para conscientizar sobre as DII, que compreendem principalmente a doença de Crohn e a retocolite ulcerativa, e alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, a Sociedade Brasileira (...)

  • 29 abril

    Drauzio Varella Grávidas têm risco maior de desenvolver quadros graves de covid-19. Veja a relação entre coronavírus e gravidez. Mulheres grávidas correm risco maior de apresentar quadros graves de covid. Felizmente, seus bebês dificilmente ficam doentes ou desenvolvem quadros de insuficiência respiratória. Amostras colhidas da placenta, do cordão umbilical e do sangue materno mostram que o coronavírus raramente se transmite para o feto. Alguns dados preliminares, no entanto, revelaram que o vírus pode provocar (...)

  • 27 abril

    Após a recuperação da covid-19, alguns sintomas podem persistir. A queda de cabelo é um deles e pode acontecer assim que o paciente recebe o diagnóstico de cura da doença. “A perda de cabelo não é uma particularidade exclusiva dos casos de covid. Em diversas infecções graves, como a pneumonia, pode ocorrer o mesmo fenômeno entre dois e três meses depois. Entretanto, trabalhos realizados por pesquisadores estrangeiros revelam que, na covid-19, a queda acontece de forma muito mais precoce, sendo percebida de s (...)

  • 26 abril

    O Dia Nacional de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial foi instituído pela Lei nº 10.439/2002 com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da aferição regular da pressão arterial, da adoção de hábitos saudáveis, do diagnóstico preventivo e do tratamento adequado da doença, que mata mais de dez milhões de pessoas por ano no mundo. No Brasil, cerca de 30% da população são hipertensos. A hipertensão é caracterizada p (...)

  • 15 abril

    Até o momento, não há evidências científicas que demonstrem que a infecção pelo coronavirus Sars-CoV-2 ou a vacinação contra covid-19, independentemente do fabricante do insumo, possam interferir na ação ou no tempo de duração dos tratamentos com toxina botulínica. O esclarecimento foi feito pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que divulgou nota sobre o tema nesta segunda-feira (12), na qual rebate publicações feitas por alguns veículos de imprensa e nas redes sociai (...)

  • 29 março

    Prevenção, combate aos fatores de risco e maior participação nos estudos são importantes no combate às doenças cardiovasculares nas mulheres Com um novo papel na sociedade, as mulheres mudaram seu estilo de vida, com consequências diretas à saúde, aumento do risco e problemas cardíacos. Atualmente, as doenças cardiovasculares já ultrapassam as estatísticas de câncer de mama e de útero. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), respondem por um terço das (...)

  • 08 março

    O fluxo menstrual varia de intensidade. Como saber se seu fluxo é considerado normal ou pode indicar  algum problema de saúde? O fluxo menstrual varia muito de mulher para mulher e também pode ir mudando durante a vida, conforme a idade. Não existe um padrão, mas é importante ficar atenta a algumas questões. Primeiro: um ciclo menstrual tem em média 28 dias, e começa com a menstruação, que dura de 3 a 8 dias. A perda sanguínea por ciclo é de, em geral,  30 a 80ml. Só para você ter (...)

  • 08 fevereiro

    Veja as recomendações de órgãos de saúde para garantir uma gravidez e uma amamentação seguras em tempos de covid-19. As mulheres costumam vivenciar a gravidez e a maternidade de formas diversas, tanto do ponto de vista físico quanto emocional. Embora seja comum a imagem da mãe alegre e satisfeita com a gestação e os primeiros meses do bebê, sabemos que muitas experimentam momentos de medo, insegurança, culpa e cansaço. Tudo isso é normal, pois essas fases trazem mudanças físic (...)

  • 08 fevereiro

    Estudo recente demonstra que alimentação saudável e atividades físicas podem retardar ou impedir a instalação de diabetes no adulto. Há muito se acredita que excesso de peso e vida sedentária são fatores de risco para a instalação do diabetes no adulto (tipo 2). Em 1991, um estudo conduzido na Suécia demonstrou que mudanças nos hábitos alimentares e a prática de atividade física podem retardar o aparecimento do diabetes em pessoas predispostas à doença. Em 1997, uma pes (...)

  • 22 dezembro

    Fratura óssea sem causa aparente pode ser um alerta para o mieloma múltiplo. Entenda por que isso ocorre. Vômitos, diarreias e sangramentos sem causas aparentes são sintomas que normalmente chamam a atenção e fazem com que procuremos um médico para investigar. Mas existem doenças que apresentam sinais mais complexos e que podem, muitas vezes, ser confundidas com outras causas. É o caso do mieloma múltiplo, um tipo de câncer sanguíneo que atinge a medula óssea, parte do interior dos ossos, devido ao crescim (...)

  • 16 dezembro

    Veja as recomendações sobre a covid-19 elaboradas e atualizadas pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) atualizou, em 9/12/20, suas recomendações sobre a covid-19. Por tratar-se de uma doença nova, é esperado que mudanças e atualizações ocorram: a ciência é dinâmica e a cada dia se descobre novidades acerca do comportamento do Sars-CoV-2, o vírus causador da covid-19, e da própria doença. A SBI é uma das entidades médicas ma (...)

  • 08 dezembro

    A Sars, síndrome respiratória aguda grave, também conhecida como Srag, é causada por um coronavírus e é altamente contagiosa. Os coronavírus (CoV) pertencem a uma grande família viral que causam infecções respiratórias em humanos e animais. Os coronavírus humanos foram isolados, pela primeira vez, em 1937. No entanto, só em meados da década de 1960, eles foram descritos como coronavírus, em função das estruturas proteicas (espículas) em forma de ponta que possuem ao red (...)

  • 08 dezembro

    Ter contato com a urina e ficar muito tempo na mesma posição podem causar problemas de pele em pacientes acamados. A pele dos idosos é mais frágil e, quando eles estão acamados e/ou fazem uso de fraldas, a pele fica mais vulnerável a lesões e infecções. Por isso, é fundamental manter uma rotina de cuidados que ajude a prevenir possíveis irritações e proporcione conforto e bem-estar ao paciente. Existe uma série de condições de saúde que podem deixar uma pessoa idosa acamada, (...)

  • 21 julho

    O principal sintoma da doença é a cólica menstrual, que, em muitos casos, pode ser tão intensa a ponto de deixar a paciente incapaz de cumprir suas tarefas do dia a dia. Conheça 6 fatos sobre endometriose.   A endometriose é caracterizada pela implantação do endométrio (tecido que reveste a cavidade uterina) fora do útero. Em um processo normal, a mulher elimina o endométrio durante a menstruação. Contudo, algumas células podem migrar no sentido oposto e se alojar na cavidade abdominal, (...)

  • 17 julho

    Taxa de filhos de mães adolescentes no Brasil é maior que a média mundial. Adolescentes que engravidam têm alto risco de uma série de danos, e as mulheres mais pobres são as mais atingidas. Os índices de gravidez na adolescência no Brasil servem para nos lembrar de que ainda temos muitas dificuldades a enfrentar nessa área. Dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) mostram que dos quase 3 milhões de nascidos em 2016, 480 mil eram filhos de mães entre 15 e 19 anos, compondo uma taxa de 1 (...)

  • 10 julho

    A falta de controle sobre o desenrolar da pandemia do novo coronavírus pode desencadear sintomas de ansiedade na quarentena. Entenda. Entre todos os sentimentos que o período de distanciamento ou até de quarentena por conta do novo coronavírus pode trazer, provavelmente o mais comum é a ansiedade. “Qualquer condição de baixa controlabilidade, de dificuldade de previsão do que está por vir, costuma aumentar o nível de ansiedade. Então, não é surpreendente que muitas pessoas, ou todos nós em a (...)

  • 16 junho

    Estudos mostram que pré-sintomáticos e assintomáticos transmitem Covid-19.  Desde o início da pandemia de Covid-19, cujos primeiros casos surgiram na China no fim de 2019, o mundo se pergunta: será que quem não desenvolve sintomas pode transmitir a doença? Qual a proporção dessas pessoas, chamadas de assintomáticas, entre aqueles que contraem o Sars-CoV-2? Como já foi dito por inúmeros especialistas, é preciso cautela ao fazer afirmações categóricas sobre a doença. Isso (...)

  • 09 junho

    Falhas na orientação de pacientes com diabetes podem contribuir para que muitas pessoas não ligam a doença à ocorrência de problemas cardiovasculares. Um levantamento com 1.439 pessoas, sendo 611 (42%) com diabetes tipo 2, indica que falhas na comunicação entre médicos e pacientes podem estar relacionados a problemas de adesão ao tratamento, o que é particularmente perigoso no caso de uma doença que representa um dos principais fatores de risco para problemas cardiovasculares. A pesquisa “Quando o diabetes (...)

  • 01 junho

    Ansiedade provocada pelo isolamento pode causar dificuldade para dormir. Veja como criar uma rotina de sono neste período de quarentena.  A pandemia do novo coronavírus  (vírus causador da doença chamada de Covid-19) trouxe uma realidade com a qual não estávamos acostumados. Muitos trabalhadores que não atuam em serviços essenciais estão em casa, e as crianças estão sem aulas nas escolas. A quarentena é importante para evitar disseminação do vírus, mas se adaptar a uma nova rotina (...)

  • 20 maio

    Recomendada pela OMS, a meditação pode trazer benefícios para a saúde, reduzindo crises durante a quarentena por conta da pandemia de coronavírus. Se você está em casa em quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus, que causa a Covid-19, pode estar passando por momentos de estresse ou tristeza. Uma das formas de diminuir os efeitos do isolamento social é fazendo meditação. Ela contribui com a saúde mental e é recomendada pela Organização Mundial da Saúde como forma de preveni (...)

  • 04 maio

    Ansiedade provocada pelo isolamento pode causar dificuldade para dormir. Veja como criar uma rotina de sono neste período de quarentena.  A pandemia do novo coronavírus  (vírus causador da doença chamada de Covid-19) trouxe uma realidade com a qual não estávamos acostumados. Muitos trabalhadores que não atuam em serviços essenciais estão em casa, e as crianças estão sem aulas nas escolas. A quarentena é importante para evitar disseminação do vírus, mas se adaptar a uma nova rotina (...)

  • 22 abril

    O Ministério da Saúde anunciou na semana do dia 13/04/2020 que grávidas e puérperas (que tiveram filhos nos últimos 45 dias) fazem parte do grupo de risco que tem maior risco de sofrer complicações da covid-19, provocada pelo novo coronavírus. Apesar de não haver estudos sobre o impacto em gestantes e puérperas, a pasta as inclui no grupo por precaução, visto que já que houve casos de morte no país. Além disso, a inclusão dessas mulheres levou em consideração a aç (...)

  • 13 abril

    Técnicas de respiração e de relaxamento muscular ajudam a controlar crises de pânico e podem até evitá-las. Aprenda aqui duas das mais utilizadas. Ter crises de pânico não significa sofrer de síndrome do pânico. Algumas pessoas, em situações específicas, podem ter uma crise isolada e passar longos períodos sem nenhuma outra. A síndrome pode se instalar quando as crises começam a prejudicar o dia a dia, por exemplo, se as crises forem muito frequentes ou gerarem um medo que afete o cotid (...)

  • 06 abril

    Alguns aspectos básicos do Sars-Cov-2 e pandemia de covid-19 causada por ele ainda não foram completamente compreendidos, e isso é fundamental para combater sua propagação. Parece foi há muito tempo, mas o mundo só tomou conhecimento do novo coronavírus em dezembro passado. Apesar dos esforços de cientistas em todo o mundo, ainda há muito que não entendemos sobre ele e, agora, todos de certa forma fazemos parte de um experimento em todo o planeta na busca por essas respostas. Aqui estão algumas das principais (...)

  • 16 março

    Hipertensão e diabetes estão entre os principais fatores de risco da doença renal crônica, problema grave que pode exigir diálise ou transplante. A hipertensão e o diabetes normalmente são associados a doenças cardiovasculares como AVC e infarto, mas eles também podem provocar problemas nos rins. Quando a pressão arterial foge do valor ideal (12×8), os vasos sanguíneos sofrem lesões, e com o tempo podem ficar mais espessos e rígidos. Nos rins, esse efeito resulta em perda da eficiência para f (...)

  • 09 março

    Atividade física pode retardar o encolhimento do cérebro humano que acontece com a idade, revela um novo estudo cujos resultados serão apresentados na reunião anual da Academia Americana de Neurologia, em abril. A notícia fica ainda melhor com o acréscimo: é possível retardar o envelhecimento cerebral correspondente com atividades tão banais quanto passear regularmente, cuidar do jardim ou dançar. A líder do estudo, a professora Yian Gu, PhD, da Universidade de Columbia não poupou entusiasmo: “Esses resul (...)

  • 04 março

    Vários estudos mostraram que dormir pouco causa problemas de saúde. As consequências da situação oposta, muitas horas diárias de sono, entretanto, têm recebido pouca atenção. Na coorte americana Women’s Health Study, que acompanha mais de 160 mil mulheres de 50 a 79 anos, aquelas que, na menopausa, estavam habituadas a dormir 9 ou mais horas por noite, tiveram maior probabilidade de acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico. Na coorte chinesa Kailuan Prospective Study, mulheres que dormiam mais de 8 horas por noite corr (...)

  • 27 fevereiro

    E lá vamos nós para o admirável mundo da ciência, que volta e meia nos traz um sopro de esperança. Na luta contra o Alzheimer, os esforços vêm se concentrando na detecção precoce da doença, e da forma menos invasiva possível. Cientistas do Instituto Regenstrief, ligado à Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, concluíram que as informações armazenadas nas visitas de rotina ao médico são suficientemente detalhadas para predizer o risco de uma pessoa desenvolver algum tipo de (...)

  • 19 fevereiro

    Uma análise dos dados oficiais da China divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira (17) mostra que a maioria dos casos confirmados de coronavírus é leve (80,9%), sem pneumonia ou com pneumonia branda. Todos os pacientes que morreram desenvolveram a versão mais grave da Covid-19, doença causada pelo vírus, que atingiu menos de 5% dos infectados. O estudo confirma os indícios apresentados por outros cientistas: a maior taxa de mortalidade (14,8% dos infectados) está entre as pessoas com mais d (...)

  • 05 fevereiro

    Proposta dá celeridade ao processo de repatriação dos brasileiros em Wuhan, epicentro dos casos na China. Projeto será analisado nesta quarta (5) pelo Senado A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (4/2), a proposta que estabelece as medidas e procedimentos que podem ser adotados pelas autoridades em caso de emergência de saúde pública decorrente pelo coronavírus. O Projeto de Lei, do Governo Federal, dispõe, entre outros pontos, sobre o isolamento e quarentena de pessoas que retornarem ao Brasil. Esta &eacut (...)

  • 28 janeiro

    Foto: Renata Momoe / ASCOM MS Com o aumento do nível de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alto em relação ao risco global do novo coronavírus, o Ministério da Saúde orienta que viagens para a China devem ser realizadas em casos de extrema necessidade. A recomendação faz parte das diretrizes publicadas no novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, atualizado nesta terça-feira (28), com informações para vigilância e assistência da rede p&ua (...)

  • 21 janeiro

    A medicina não para de se desenvolver, principalmente com tantos avanços tecnológicos na área. Pensando nisso, separamos as principais inovações para que você possa se manter sempre atualizado. Os avanços da medicina aliados às novas tecnologias têm proporcionado inovações que, até então, eram imaginadas apenas nos filmes de ficção científica. Porém, este mundo que parecia tão distante, como o  de ciborgues e inteligência artificial pode estar mais pr&oa (...)

  • 16 janeiro

    Se você dissesse que estava sofrendo de "burnout" no início dos anos 1970, as pessoas pensariam que você estava usando drogas pesadas. Na época, o termo era usado informalmente para descrever os efeitos colaterais do consumo destas substâncias, como um prejuízo às faculdades mentais, por exemplo. No entanto, quando o psicólogo alemão-americano Herbert Freudenberger reconheceu o problema do esgotamento profissional na cidade de Nova York em 1974, em uma clínica para viciados e pessoas sem-teto, ele não estava pensando em (...)

  • 23 outubro

    No Brasil, as doenças raras afetam mais de 13 milhões de pessoas. Cerca de 80% derivam de fatores genéticos e os outros 20% podem surgir de causas ambientais, infecciosas e imunológicas. Não existe um número exato de quantas doenças raras existem no mundo, mas, estima-se que são entre seis e oito mil tipos diferentes. No Brasil, uma doença é considerada rara quando afeta cerca de 65 em cada 100 mil indivíduos.  Ainda sem cura, essas doenças também são chamadas de “órfãs&rd (...)

  • 11 outubro

    O produto está à venda na internet com essa promessa, mas é fake. Ele não tem eficácia comprovada e não substitui o tratamento convencional do diabetes A promessa é boa. Por cerca de cem reais, adesivos feitos de compostos naturais curariam o diabetes ao controlar os níveis de açúcar no sangue. De quebra, aliviariam as complicações da doença. Bastaria trocar diariamente o adesivo, que deve ser colocado no umbigo. Mas a história toda é falsa. “Primeiro, não existe cura para o d (...)

  • 03 outubro

    Quando Isabel Bacicurinski nasceu, no início da década de 1970, a expectativa de vida de uma pessoa com síndrome de Down era de cerca de 20 anos. Hoje, aos 48 anos, ela tem a real possibilidade de chegar à terceira idade. Estudos internacionais apontam que, nos últimos 40 anos, a expectativa de vida para essas pessoas cresceu ao menos 3,75 vezes e deve, no futuro, se igualar à da população em geral. No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida ao nascer é de 76 anos. V&aa (...)

  • 27 setembro

    A pós-menopausa pode ser bem complicada para algumas mulheres. A mudança no nível de hormônios pode trazer alguns riscos à saúde. Confira abaixo os 8 principais riscos à saúde feminina na pós-menopausa. 1 – Gengivite Com o declínio do nível de estrogênio, as mulheres ficam mais suscetíveis à perda dos dentes e à doença periodontal. Além disso, “algumas mulheres na pós-menopausa notam a boca seca ou dor e ardência nas gengivas, além de altera&cced (...)

  • 20 setembro

    A fibrose cística afeta as glândulas produtoras de muco, suor, enzimas e outras secreções. As consequências mais graves da doença acontecem nos pulmões, pâncreas e intestinos, que são obstruídos por muco. Conforme os pulmões ficam congestionados, o paciente se torna mais vulnerável a pneumonias e outras infecções. Quando os dutos que transportam as enzimas pancreáticas para o intestino delgado são obstruídos, pode haver problemas digestivos. Um deles é a dificuldade de degradar gorduras (...)

  • 13 setembro

    “Além de diminuir o acesso a meios de suicídio, temos outra frente importante de prevenção, que é tratar adequadamente as questões de saúde mental. A Atenção Primária também é responsável pelos problemas de saúde mental prevalentes, como depressão e ansiedade”, explica a psiquiatra Maria Helena de Oliveira, uma das responsáveis pelo treinamento de médicos da Atenção Primária na Secretaria de Saúde. Quando um familiar perceber altera&cced (...)

  • 05 setembro

    Facilmente encontrado em terras brasileiras, o coco é um dos alimentos mais ricos, desde sua água até a polpa. Considerando seus diversos nutrientes, separamos 15 benefícios do coco que vão ajudar na sua saúde. Antes de tudo, o coco é um alimento que, quando introduzido na dieta e na rotina, traz diversas vantagens. Além disso, seu consumo pode ser direto, por meio do leite, da sua água ou até através de óleos e cremes. Por isso, o importante é não deixar o alimento de fora da rotina e consumi-lo (...)

  • 30 agosto

    “Sem proteína, não há vida.” Foi assim que o pesquisador em nutrição Denis Bruillé, do Instituto de Ciência Nutricional do Centro de Pesquisas Nestlé (Suíça), resumiu o papel deste nutriente no organismo humano. “Para começar, as hemoglobinas, que são responsáveis pelo transporte de oxigênio no sangue, são constituídas por proteínas. Além disso, as proteínas também organizam o nosso sistema imunitário, pois estão presentes nas (...)

  • 23 agosto

    É possível pegar gripe da própria vacina contra a gripe? Quem tomou a vacina no ano passado precisa se vacinar de novo? Essas dúvidas continuam circulando após o Ministério da Saúde ter concluído sua campanha de vacinação sem atingir as metas: havia a expectativa de vacinar 54 milhões de brasileiros, mas 6,8 milhões deles não se imunizaram, sendo as gestantes e as crianças com até seis anos os grupos que ficaram menos protegidos. O problema é que os casos de influenza neste ano j&aa (...)

  • 07 agosto

    De acordo com pesquisa realizada pela escola de medicina da NYU (New York University), cerca de 10% dos indivíduos acima de 65 anos bebem pesadamente, se expondo a uma série de doenças. O estudo, feito em parceria com o Center for Drug Use e publicado no “Journal of the American Geriatrics Society”, também mostrou que homens, fumantes e usuários de maconha são os que mais apresentam esse tipo de comportamento. Beber sem moderação é ruim em todas as idades, mas as complicações são maiores na velhice, (...)

  • 29 julho

    Tudo bem que as agulhas para aplicação de insulina são de pequeno calibre, mas ninguém gosta de levar picadinhas, por pequenas que sejam. Pois, quem padece de diabetes e precisa fazer uso diário do medicamento aqui no Brasil em breve poderá se livrar das injeções e fazer uso de uma opção mais confortável, de fácil manipulação e mais eficaz de se medicar. Combate A Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – liberou a comercialização e consumo d (...)

  • 24 julho

    São Paulo – Você está sempre olhando para baixo quando usa o celular? Esse hábito pode estar mudando você. Um estudo, publicado pelo jornal Scientific Reports, indica que o uso excessivo de smartphones e outros aparelhos que forcem a cabeça a ficar inclinada para frente pode estar modificando o corpo humano. Mais especificamente, a região da cabeça perto da nuca. De acordo com cientistas da Universidade de Sunshine Coast, na Austrália, essa é a razão pela qual diversas pessoas mais novas possuem uma pequena cauda (...)

  • 15 julho

    Um tratamento relativamente novo contra o AVC isquêmico – aquele provocado pelo entupimento de um vaso sanguíneo no cérebro – pode chegar ao Sistema Único de Saúde (SUS) graças a um estudo brasileiro apresentado recentemente no Congresso Europeu de Acidente Vascular Cerebral. É a trombectomia, uma cirurgia que teve seu custo-benefício colocado à prova. A técnica funciona como uma espécie de cateterismo, que ajuda a aspirar o coágulo para desobstruir o vaso sanguíneo no cérebro. Ela &eac (...)

  • 01 julho

    A Coca Cola, a Pepsico e a Ambev anunciaram que a partir de agosto, não venderão mais refrigerante para as cantinas das escolas. A medida tenta evitar o aumento da obesidade infantil. Os próprios fabricantes reconhecem que crianças com menos de12 anos não têm maturidade suficiente para escolher o que é melhor para a saúde na hora do recreio, mas no Brasil, 32% das crianças com menos de dois anos de idade já tomaram refrigerante. Você sabe o quanto de açúcar tem em uma latinha de refrigerante? E o excesso (...)

  • 26 junho

    Durante o inverno, o tempo mais frio e o ar seco influenciam na saúde e qualidade da pele. Além disso, a poluição e a radiação solar, que também estão presentes, atingem o corpo, deixando-o mais sensível, ressecado e acelerando o envelhecimento. Por isso, o DermaClub separou 4 conselhos de especialista para você aderir durante a estação mais fria do ano. Confira! 1) Evite banhos muito quentes De acordo com a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro, a água quente remove parte da barreira de prote&c (...)

  • 22 maio

    No próximo dia 31 é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco.  Aproveitando esta data importante, vamos dar dicas para quem deseja parar de fumar. O primeiro passo para deixar de fumar é querer. Esta decisão é individual e tem que partir do próprio fumante. Depois, marque uma data nos próximos 15 dias. Pode ser de forma abrupta, na data marcada você não fuma mais. Ou de forma gradual, diminua o número de cigarros a cada dia até a data escolhida para parar de fumar. O Dia Mundial Contra o Tabaco visa encorajar as pess (...)

  • 19 maio

    A chegada da festa mais doce do calendário significa muito chocolate à mesa, tanto para crianças quanto para adultos. Comer um pouco mais não é problema. É preciso cuidar apenas com o exagero.  Vá de amargo ou ao leite Após os dois anos de idade, não há contraindicação em consumir chocolate. O campeão da Páscoa, o ao leite, tem 25% de cacau – que contém flavonoides, que ajudam a prevenir o câncer e a diminuir o colesterol ruim. Tem cerca de 160 calorias em 30 gramas. Se a (...)

  • 03 maio

    O Maio Roxo é o mês de conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais, como Doença de Crohn e Colite Ulcerativa. Com a oficialização da data, espera-se que países em todo o globo façam ações promovendo o Maio Roxo, como as iluminações em pontos turísticos, que também são feitas em outras campanhas como o Outubro Rosa. O Brasil começou a participar das ações em 2016 e vários municípios brasileiros fazem ações e (...)

  • 26 abril

    Atualmente, uma boa porcentagem das pessoas trabalha em frente ao computador, um comportamento que pode trazer consequências desastrosas para o corpo. Para começo de conversa, há estudos mostrando que passar horas e mais horas sentado, sem se movimentar, aumenta o risco de morte. Sem falar na postura, que fica um caco. E há outro prejudicado, menos comentado por aí, para colocar nessa conta: os olhos.  Os principais desconfortos que acometem quem não desgruda do monitor são dor de cabeça, visão embaçada, olhos cansados, (...)

  • 10 abril

    Também conhecida como influenza, a gripe é uma infecção do sistema respiratório cuja principal complicação é a pneumonia, responsável por um grande número de internações hospitalares no país. A gripe inicia-se com febre alta, em geral acima de 38ºC, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça e tosse seca. A febre é o sintoma mais importante da gripe e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios, como tosse, tornam-se mais evidentes com a progress&ati (...)

  • 02 abril

    O outono é uma estação marcada pelas chuvas no fim de março e a temperatura cada vez mais baixa até a chegada do inverno - que é quando começamos a nos preocupar com doenças como gripe, asma e outras complicações comuns da baixa temperatura. No entanto, existem diversos hábitos que podem ter início nessa estação e garantem proteção contra doenças até o fim do inverno. Confira as dicas dos especialistas e comece a fortalecer sua imunidade desde já: Vacina contra g (...)

  • 18 março

    O diagnóstico precoce é fundamental para elevarmos os índices de cura das doenças. A revisão de saúde sistemática e individualizada, onde o paciente transmite ao seu médico os diferentes sinais, sintomas e queixas e então o médico indica os exames específicos de acordo com as características individuais de cada pessoa (fator de risco, histórico precoce de doenças, histórico familiar) é uma forma de buscarmos o diagnóstico exato e assim melhorarmos a qualidade de vida e otimizar (...)

  • 22 fevereiro

    Carnaval é sinônimo de folia para alguns e de descanso para outros. Indo para as ruas ou curtindo a folga em casa, cuidar da saúde é para todos. De acordo com a endocrinologista Tânia Bulcão, é fundamental não descuidar da alimentação para não ficar exposto às doenças sazonais. “É importante que tomem bastante líquido, como por exemplo o suco de laranja que tem vitamina C e ajuda a evitar essas viroses que costumam ter durante esses períodos sazonais”, aconselha. Com o (...)

  • 18 fevereiro

    O verão é a época do ano em que os casos de dengue, zika e chikungunya atingem mais pessoas. Com o aumento das chuvas, a proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador das doenças, torna-se mais propícia nesse período. A dengue é a infecção mais comum entre as transmitidas pelo Aedes aegypti. Ela pode ser assintomática, trazer leves reações ou causar doença grave. Manifesta-se pela febre alta (39° a 40°C), acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulaç&otil (...)

  • 08 fevereiro

    O verão é uma estação de muita energia, sol escaldante e muito cuidado com a saúde. Também é um período ideal para aproveitar as tardes quentes para tomar um suco, ou cerveja, e tirar o dia para ir à praia, clube ou cachoeira com os amigos e familiares. Mas atenção! Com tanto entretenimento é preciso ficar atento para que você desfrute a estação quente de maneira saudável. Por isso, confira nossas dicas a seguir! Beba muita água Como o organismo elimina água pela trans (...)

  • 01 fevereiro

    A quantidade ideal de água a ser ingerida diariamente depende de vários fatores como a idade e o peso da pessoa, a atividade física que realiza, até mesmo o clima e a temperatura do ambiente onde vive. Para alguns, a ingestão de dois litros de água por dia pode ser suficiente. Outros precisarão de três, quatro litros ou mais, como no caso dos esportistas. “Crianças, gestantes, mães em amamentação e idosos são grupos com mais risco de desidratação. Portanto, devem estar mais atentos &ag (...)

  • 18 janeiro

    Temperaturas que chegam aos 36º facilmente. Pouca sombra e muito suor. Assim tem sido o verão no Brasil. Nessa situação, grande parte das pessoas recorre ao bom e velho ar-condicionado como forma de diminuir um pouco a sensação de calor. No entanto, a constante mudança de um ambiente quente para outro frio e vice-versa pode causar choque térmico, entre outros problemas. “O choque térmico ocorre quando há uma mudança repentina na temperatura do corpo. A inversão da temperatura do ar inalado, por exemplo, c (...)

  • 17 janeiro

    As altas temperaturas durante o verão podem acarretar problemas de saúde. Usar filtro solar e beber muita água são as recomendações básicas para evitar danos na pele e desidratação. Mas há outras sugestões para manter o corpo em dia durante a estação mais quente do ano, como boa alimentação e atentar-se a exposição solar em períodos específicos. Seguem dicas, que incluem sugestões de cores para “resfriar” a casa e alimentos que podem ajudar na (...)

  • 10 janeiro

    Embora a genética esteja associada ao aparecimento de doenças em artérias e vasos sanguíneos, existem alguns cuidados que podem ser tomados para afastar esse risco. “Quando melhoramos a circulação sanguínea, por meio da alimentação, do exercício e de outros hábitos de vida, evitamos doenças ou a piora de um quadro”, ressalta a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, médica atuante em Medicina do Estilo de Vid (...)

  • 07 janeiro

    Quando os dias ficam muito quentes devido ao verão, o número de casos de urgência nos hospitais pode aumentar, especialmente devido a problemas como picadas de insetos, desidratação, queimaduras ou até intoxicação alimentar.   Assim, para ter um Verão mais seguro e evitar correr o risco de ter algum destes problemas, existem dicas simples, como usar roupa leve ou trocar o horário do exercício físico, que podem ser feitas todos os dias. No entanto, é importante lembrar que outros problemas mais comu (...)

  • 20 dezembro

    Comer melhor, dormir bem, movimentar o corpo, se reunir com os amigos. Estes e outros hábitos nos ajudam a garantir uma vida melhor e mais longa. Confira abaixo 12 medidas essenciais para aumentar a sua expectativa de vida e viver com mais qualidade. A ciência comprova. 1. Comer melhor O cuidado com o que vai no seu prato é um dos pontos centrais para alcançar uma maior qualidade de vida. O abuso de alimentos ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares é um gatilho para doenças como infarto, derrames, hipertensão, obesidad (...)

  • 18 dezembro

    Você tem o hábito de usar roupas ou sapatos apertados demais? Cruza as pernas com frequência? Passa muito tempo sentado? Faz exercícios de forte impacto ou com muito peso? Se respondeu SIM a qualquer uma das perguntas, saiba que a sua circulação sanguínea pode estar comprometida. “As pessoas não imaginam, mas em atividades de forte impacto ou com muito peso a musculatura costuma ficar contraída por um elevado período e, com isso, o sangue fica parado em uma região, fazendo um tipo de pressão e podendo provoc (...)

  • 13 dezembro

    Durante as festas de natal e de fim de ano sempre há muita comida à mesa e provavelmente alguns quilinhos a mais, logo depois. Para evitar esta situação, confira nossas 10 dicas para comer e não engordar no natal: 1. Coloque os doces que mais gosta em um só prato Coloque todos os doces e sobremesas de natal, que mais gosta, em um só prato de sobremesa. Se não couberem, corte-os pela metade, mas não vale colocar uns em cima dos outros! Pode comer todos os que couberem nestes centímetros. 2. Faça exercício f& (...)

  • 06 dezembro

    Reduzir o consumo de açúcar é um tema muito popular ao qual normalmente não se dá a devida importância. Infelizmente, doces, sorvetes e refrigerantes são os alimentos que formam a base da dieta diária de muitas pessoas. Da mesma forma, o fast food contém um alto nível de açúcar refinado que atua diretamente no corpo, o que pode ter consequências para a saúde. Certamente há muitas complicações por trás dos altos níveis de açúcar no sangue. O argumento (...)

  • 29 novembro

    O cuidado com o corpo vai muito além de praticar atividades físicas visando benefícios estéticos. Nosso organismo reage diante da forma como tratamos nosso corpo, o que influencia diretamente em nossa saúde física e mental. Quem cuida do próprio corpo se sente melhor, mais bem disposto e preparado para aproveitar a vida com saúde e bem-estar. Acompanhe mais alguns motivos para você cuidar do principal instrumento de trabalho do ser humano: Benefícios além da estética: saúde e bem-estar Diante de exerc&ia (...)

  • 20 novembro

    A maior parte do organismo humano é formada por água, 75% dos músculos é água, por exemplo. Portanto, é importante consumir uma boa quantidade de água diariamente para manter a saúde. Com a ingestão de água provocamos uma diurese maior, o que favorece a eliminação de toxinas e previne algumas doenças. Os especialistas vão mais longe e insistem na importância do consumo da água em jejum. Mas por que? Segundo o Instituto Europeu de Hidratação, a água é o so (...)

  • 13 novembro

    Acredita-se que a vitamina D ajude a combater o cansaço, a depressão e até câncer - mas alguns especialistas argumentam que os suplementos não são úteis para pessoas saudáveis. Quando os dias começam a encurtar no inverno do hemisfério norte, aumentam as preocupações sobre a falta de luz solar – e uma possível deficiência de vitamina D. Para muitos, a saída é tomar suplementos. Os comprimidos de vitaminas D2 e D3 estão disponíveis sem prescrição m&eac (...)

  • 09 novembro

    Os benefícios do gengibre para a saúde são principalmente ajudar na perda de peso, acelerando o metabolismo, e relaxar o sistema gastrointestinal, prevenindo náuseas e vômitos. No entanto, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como câncer cólon-retal e úlceras no estômago. O gengibre é uma raiz que pode ser utilizada em chás ou em raspas que podem ser adicionadas a água, sucos, iogurtes ou saladas. A seguir estão lis (...)

  • 05 novembro

    Para evitar uma intoxicação alimentar deve-se tomar alguns cuidados como: Evitar comer sanduiches na rua; Só comer alimentos que tenham boa procedência, como em restaurantes ou lanchonetes em que os alimentos não fiquem expostos; Na praia, o ideal é levar seus alimentos de casa, evitando comprar sanduiches, sucos e espetinhos dos vendedores livres; No verão, em dias de muito calor, evitar comer maionese, ou outros molhos que possam estragar com certa facilidade; Não comer alimentos mal passados; Sempre lavar as mãos com á (...)

  • 24 outubro

    As picadas de abelha ou vespa podem causar muita dor, e em alguns casos, até causar uma reação exagerada do organismo que causa intensa dificuldade para respirar. No entanto, isto normalmente só acontece em pessoas que possuem alergia ao veneno das abelhas ou que são picadas por muitas abelhas ao mesmo tempo, o que não é frequente. Assim, para ajudar alguém que foi picado por uma abelha: Remova o ferrão com a ajuda de uma pinça ou agulha; Lave a região afetada com água fria e sabão; Aplique uma pedrin (...)

  • 19 outubro

    Dormir mal ou por pouco tempo pode aumentar risco de hipertensão. Uma noite mal dormida é, invariavelmente, uma porta de entrada para uma série de inconvenientes. Cientificamente já foi comprovado que além do impacto físico, emocional e até estético, o sono interfere também na saúde. E, tratando-se do organismo, o alerta pisca com mais intensidade: a insônia crônica pode desencadear problemas cardíacos graves. De acordo com um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, pe (...)

  • 11 outubro

    Artigo publicado no Health Psychology Open aborda a importância da arte (ativa – quando fazemos – e passiva – quando somos espectadores) no bem-estar. Enquanto penso em como escrever sobre este tema tão difícil, que dá título ao nosso pequeno artigo, escuto uma bela música. Ela me remete a sucessos pessoais e a como o ser – humano é capaz de se reescrever e se superar. Isso me causa uma incrível satisfação! Brotam lágrimas em meus olhos, ao pensar que temos a possibilidade de transformar nossa v (...)

  • 05 outubro

    Na década de 1990, nasce o movimento conhecido como Outubro Rosa, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. O INCA participa do movimento desde 2010, promove eventos técnicos, debates e a (...)

  • 01 outubro

    Laços na cor rosa, monumentos importantes coloridos na mesma tonalidade, palestras, prática de corridas e outros exercícios físicos ao ar livre... É comum ver essas ações e simbolismos durante todo o mês de outubro. Mas você já parou para pensar o motivo de eles existirem? Para iniciar a série especial sobre o combate ao câncer de mama, o Purepeople resgata a história por trás do Outubro Rosa Começou o Outubro Rosa, mês de conscientizar as mulheres sobre a importância da preven&cce (...)

  • 24 agosto

    Você come para viver ou vive para comer? Temos uma relação complexa com os alimentos, influenciada por seu custo, disponibilidade e até pela pressão dos conhecidos. Ainda que haja diferenças de uma pessoa para outra, algo que compartilhamos é o apetite, nossa vontade de comer. A fome – sensação provocada pelo nosso corpo quando ele necessita de alimento – é uma parte do dele, mas não é o único fator. Afinal, também comemos quando não estamos com fome e somos capazes de pular uma (...)

  • 20 agosto

    As pessoas de meia-idade que obtêm quase metade de suas calorias diárias dos carboidratos vivem vários anos a mais em média do que aquelas que seguem dietas com muita carne e pouco carboidrato, de acordo com um estudo publicado nesta sexta-feira (17). Os resultados da pesquisa, publicada na revista médica "The Lancet", colocam em dúvida a moda das dietas "paleo", uma tendência na Europa e na América do Norte, que que evitam os carboidratos em benefício das proteínas e gorduras animais. Os defensores das "dietas paleolít (...)

  • 13 agosto

    O glaucoma, uma doença que aflige quase 70 milhões de pessoas em todo o mundo, é um mistério, apesar de sua prevalência. Pouco se sabe sobre as origens da doença, que danifica a retina e o nervo óptico e pode levar à cegueira. Um novo estudo do MIT e do Massachusetts Eye and Ear descobriu que o glaucoma pode de fato ser um distúrbio autoimune. Em um estudo com camundongos, os pesquisadores mostraram que as células T do próprio corpo são responsáveis ​​pela degeneração progressiva (...)

  • 06 agosto

    As relações sexuais são seguidas, em geral, por uma sensação de relaxamento e bem-estar. Mas, para muitas pessoas, nem sempre é assim. Há quem seja tomado por um sentimento de tristeza, vergonha e ansiedade, sem qualquer motivo aparente, após atingir o orgasmo. É a chamada disforia pós-sexo, também conhecida como tristeza ou depressão pós-sexo. Como o próprio nome sugere, é uma sensação oposta à euforia. "É difícil medir, mas depois do sexo, sinto uma sens (...)

  • 24 julho

    As britânicas Zélie, Lisa e Jennifer têm adenomiose, um transtorno ginecológico que, no pior dos cenários, provoca uma forte dor pélvica e sangramento abundante. "Eu não podia usar nada além de calças pretas no trabalho", conta Jennifer. A adenomiose é um transtorno que ocorre quando as células de revestimento do útero (endométrio) se incrustram nas fibras musculares da parede uterina. Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma de cada 10 mulheres no mundo pode ter adenomiose. A doen (...)

  • 24 julho

    Uma nova pesquisa da Escola de Medicina da Universidade da Virgínia explica por que a obesidade causa inflamações prejudiciais que podem levar à diabetes, obstrução de artérias e outros problemas de saúde. Os pesquisadores acreditam que podem usar esse conhecimento para combater essas doenças crônicas e outras causadas pela inflamação associada à obesidade. "Todas essas doenças têm um denominador comum", disse o pesquisador Vlad Serbulea. "Pode ser que tenhamos identificado o que inicia toda (...)

  • 19 julho

    As picadas de escorpião já são responsáveis por mais mortes no Brasil do que as picadas de cobra. Encontrados em áreas urbanas, os escorpiões se reproduzem com facilidade e costumam se abrigar da luz escondidos sob pedras, entulhos, lenha, material de construção, encanamentos, dentro de calçados e roupas, no interior das casas e em seus arredores. Responsável por 184 mortes no Brasil em 2017, o escorpião ultrapassou as serpentes no topo do ranking de animais peçonhentos que mais matam no Brasil, de acordo com da (...)

  • 09 julho

    Ensaio clínico mostrou que ‘mosaico’ de imunizantes produz resposta imunológica e protegeu animas da infecção por vírus similar ao que causa a Aids Um regime experimental de vacinação contra o HIV, o vírus causador da Aids, obteve resultados promissores em testes com humanos e macacos, abrindo caminho para um ensaio clínico mais amplo que pode ajudar a dar fim à epidemia da doença — meta traçada para 2030 pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids). Relatada (...)

  • 02 julho

    Estudo em macacas revela que 26% das infectatads com o vírus, mas sem sintomas, tiveram a gravidez interrompida NOVA YORK - Pesquisas de várias instituições, incluindo o Centro Nacional de Pesquisa em Primatas da Califórnia, sugerem que mais mulheres do que se pensava até agora sofrem aborto por causa do vírus da zika, sem saber que estão infectadas. Crianças infectadas por zika podem ter problemas cognitivos e motores quando adultas Mapeamento do surto de zika pode mostrar como será a dispersão de novas epidemias (...)

  • 25 junho

    É preciso que todos saibam que reumatismo não é doença de idoso e os profissionais da saúde devem estar preparados para atender estes pacientes É necessário preparar os profissionais de atendimento básico, educadores físicos, fisioterapeutas, médicos de atenção básica, clínicos, traumatologistas e residentes para reconhecer sintomas da espondilite e encaminhar esses pacientes para a área de reumatologia, pois assim é possível que eles recebam um diagnóstico precoce. No (...)

  • 19 junho

    De acordo com pesquisa divulgada semana passada na publicação “Circulation”, da American Heart Association, a performance masculina na cama pode ser um bom indicador da saúde das artérias e do coração. Estudos anteriores já sugeriam a relação entre a disfunção erétil, que atinge 12 milhões de norte-americanos, e o risco cardiovascular. Desta vez, quase 2 mil homens, com idades entre 60 e 78 anos e sem histórico de doença coronariana ou acidente vascular cerebral, foram acompanhad (...)

  • 15 junho

    Você está em bom ritmo, correndo, nadando ou pedalando e, de repente, uma pontada na lateral da barriga te impede de continuar. É dolorida e não passa até reduzirmos o ritmo e descansarmos um pouco. Mas por que ela ocorre? Trata-se da "dor abdominal transitória relacionada ao exercício", segundo a Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos. E ela é muito mais comum do que parece. Cerca de 70% das pessoas que correm como forma de exercício a sentiram no ano anterior à realização da pesquisa, feita pela Uni (...)

  • 07 junho

    Duas boas notícias somente nesta semana: pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer, nos EUA, divulgaram que um tratamento pioneiro salvou a vida de uma mulher com câncer de mama em estágio terminal. Além disso, um estudo mostrou que mulheres com um tipo comum de câncer de mama em estágio inicial podem evitar a quimioterapia. No entanto, no que diz respeito a essa doença, nada é fácil. Curar-se de um câncer é trabalho em tempo integral e é importante canalizar toda a sua energia nesse objetivo. Em primeir (...)

  • 05 junho

    Há havia algum tempo que a mãe de Jorge* estava tendo lapsos de memória. Até que, um dia, ela ficou em casa sozinha por cerca de uma hora quando o filho foi levar o pai ao médico. Quando ele voltou, não a encontrou mais no apartamento. Ela retornou para casa com a roupa rasgada e as pernas raladas - havia caído no caminho. O filho, então, não se conteve e chorou de desespero na frente da mãe. "Eu realmente não sabia mais o que fazer", diz. Marcela* viveu situação semelhante. Sua mãe também (...)

  • 24 maio

    A ciência alerta frequentemente para os riscos de saúde presentes em ignorar o ritmo natural do corpo. Mas será que os horários das nossas refeições estão de acordo com o nosso "relógio" natural? Uma mudança nos horários das refeições pode melhorar a nossa saúde e ajudar a perder peso? O que você comeu hoje cedo, no café da manhã? Provavelmente não foi um bife acebolado com batata frita, um frango assado ou qualquer outra coisa que você consumiria no almoço ou no j (...)

  • 17 maio

    Durante a infância pobre, na zona rural do Zimbábue, Moses Murandu costumava passar sal nos machucados quando caía ou se cortava. Nos dias de sorte, porém, seu pai tinha dinheiro suficiente para comprar algo que ardia bem menos: açúcar. Ele sempre reparou que o açúcar parecia cicatrizar os ferimentos mais rápido. E ficou surpreso quando, em 1997, foi contratado para trabalhar como enfermeiro do sistema público de saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) e descobriu que a substância não era usada (...)

  • 14 maio

    Quando o mês de setembro se aproxima, as autoridades japonesas começam a redobrar a atenção. O início do ano escolar costuma ser um período de grande ansiedade no país, dono de um dos mais competitivos e rigorosos sistemas educacionais do mundo. E 1º de setembro é conhecido como o "dia mais mortífero para um adolescente no Japão" - é historicamente a data em que o maior número de jovens de até 18 anos tiram suas próprias vidas. Entre 1972 e 2013, mais de 18 mil jovens nessa faixa etária (...)

  • 10 maio

    Certamente você já ouviu falar da dieta mediterrânea como referência de alimentação saudável. Mas você conhece a dieta nórdica? Uma revisão de estudos feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) comprovou as evidências de que tanto a dieta mediterrânea quanto a nórdica podem ajudar a reduzir o risco de doenças não transmissíveis como o câncer, o diabetes e os problemas cardiovasculares, frequentemente associados à obesidade. De acordo com a OMS, as duas (...)

  • 26 abril

    A interação entre as dobras do cérebro podem ser usadas para identificar pacientes com maior risco para a psicose, um estado mental comumente associado a esquizofrenias mais severas em que se percebe uma "perda progressiva de contato com a realidade". O estudo foi feito por pesquisadores da Universidade de Basel, no Canadá, e publicado nesta quarta-feira (25) no 'JAMA Psychiatry'. Os pesquisadores André Schmidt e Lena Palaniyappan identificaram que dobras em várias regiões do cérebro interagem entre si e essa relação é (...)

  • 05 abril

    Vejamos se você consegue acertar uma pergunta que quase 150 médicos, nutricionistas e preparadores físicos responderam erroneamente. Quando alguém faz exercício e perde peso, para onde vai a gordura perdida? As opções são: A gordura se converte em energia ou calor; A gordura se transforma em músculo; A gordura se torna dióxido de carbono e água. Se você respondeu as opções 1 ou 2, não se preocupe: você está no mesmo grupo de 147 especialistas que também erraram um que (...)

  • 29 março

    Em 20 anos, entre 1990/1994 e 2010/2014, a taxa anual de aborto nas regiões desenvolvidas caiu significativamente, principalmente em países ricos onde a prática é legalizada – passou de 46 para 27 abortos para cada mil mulheres em idade reprodutiva. O mesmo não ocorreu em países em desenvolvimento: a taxa global se manteve quase estável, passando de 39 para 36 a cada mil mulheres. Os dados são de relatório publicado nesta semana pelo Instituto Guttmacher, organização dos Estados Unidos parceira da Universidade C (...)

  • 20 março

    É de conhecimento geral que a amamentação é fundamental para a saúde do bebê: a ciência já estabeleceu que é com os anticorpos recebidos da mãe que o recém-nascido desenvolve suas primeiras defesas contra doenças. Outro lado pouco conhecido, entretanto, é que em algumas situações específicas a amamentação também pode contribuir para alguns problemas pontuais de saúde -- o que não invalida os seus benefícios. A tendência à obesidad (...)

  • 13 março

    Cientistas da Universidade de Lund, na Suécia, encontraram uma maneira de fazer com que cânceres de mama mais agressivos respondam ao tratamento convencional. A estratégia em fase inicial foi publicada na "Nature Communication" e teve como primeiro autor o pesquisador Kristian Pietras. O câncer de mama é geralmente tratado com terapia hormonal que busca limitar a ação dos hormônios femininos. Quase 70% dos tumores crescem na presença do estrogênio, hormônio que controla tamanho dos seios, ovulação e até (...)

  • 08 março

    Diante de uma tela minúscula, som de baixa qualidade e interrupções frequentes, assistir a um filme durante um voo pode ser uma experiência desafiadora. Apesar disso, quem viaja de avião regularmente já se emocionou ou testemunhou alguém se emocionar durante o trajeto. Até os mais durões costumam derramar lágrimas – às vezes com comédias infantis. E um novo levantamento realizado pelo aeroporto de Gatwick, em Londres, revelou que 15% dos homens e 6% das mulheres afirmaram ficar mais emotivos quando assistem (...)

  • 27 fevereiro

    Pacientes que sofrem de esclerose múltipla passaram a ter uma nova opção com a aprovação do Ocrelizumabe, que recebeu registro da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O novo medicamento, produzido pela Roche, impede surtos da doença. A esclerose múltipla é uma condição em que o sistema de defesa "ataca" a estrutura que reveste as células nervosas: a bainha de mielina. Isso causa sintomas diversos, como distúrbios do movimento. Não há cura e os medicamentos visam a r (...)

  • 22 fevereiro

    Cientistas dizem que chegaram a uma conclusão sobre um tema que é alvo de um dos maiores debates da medicina: a eficácia de antidepressivos. Segundo um estudo de peso liderado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, esse tipo de droga é, sim, eficiente no combate à depressão. A pesquisa considerou 522 testes clínicos envolvendo tratamento de curto prazo de depressão em adultos. Mais de 116.477 pacientes tiveram seus casos analisados. Segundo os pesquisadores, todos os 21 antidepressivos usados se mostraram significativamente mais efic (...)

  • 19 fevereiro

    Excesso de cálcio nos neurônios também pode contribuir para o surgimento da doença de Parkinson, mostra estudo publicado na "Nature Communications" nesta segunda-feira (19). Pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, demonstraram que o mineral permite que células neuronais se ligue à uma substância tóxica, a alfa-sinucleína. A hipótese é que a relação entre esses dois compostos provoque a morte dos neurônios. A alfa-sinucleína é uma proteína que, em excesso, est& (...)

  • 30 janeiro

    PM, a famosa tensão pré-menstrual, assombra a vida de muitas mulheres. Mas por que algumas mulheres têm a TPM mais atacada que as outras? Estudos revelam que elas têm uma letra a mais neste período – a D! Nesta quarta (24), o Bem Estar explicou as diferenças entre a TPM e TDPM (transtorno disfórico pré-menstrual). Para falar sobre o assunto, convidamos os psiquiatras Carmita Abdo e Daniel Barros. A semelhança entre TPM e TDPM é que acontecem e terminam no mesmo período. A diferença é a intensidade do (...)

  • 23 janeiro

    Com o aumento do número de casos e o surto da forma silvestre da febre amarela em regiões antes sem risco de transmissão, a demanda pela vacina aumentou exponencialmente. Resultado: faltam vacinas em clínicas particulares e o governo brasileiro decidiu fracionar a dose para dar conta da demanda (uma dose antes aplicada em uma pessoa será aplicada em cinco). Mas por que isso ocorreu? Quem produz a vacina? Quanto custa? Como a vacina é produzida? Dá para aumentar a produção? Essas são perguntas que podem nos ajudar a entender (...)

  • 17 janeiro

    O Brasil vive o maior surto de febre amarela silvestre das últimas décadas, segundo o Ministério da Saúde. Por isso, o governo federal iniciou uma campanha emergencial de vacinação com o objetivo de imunizar cerca de 20,6 milhões de pessoas nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, novas áreas de concentração da doença, entre janeiro e março. A preocupação decorre dos números. No primeiro semestre do ano passado, foram confirmados 777 casos em 21 Estados e no Distrito Federal. (...)

  • 11 janeiro

    O mês de janeiro é uma das épocas do ano em que as pessoas mais baixam aplicativos fitness, com sugestões de como levar uma vida mais saudável, fazer exercícios físicos e perder peso. Mas sempre bate a dúvida: será mesmo que esse tipo de tecnologia é capaz de nos manter motivados o suficiente para não abandonarmos a dieta ou a ginástica? Pesquisa feita pela empresa de consultoria ComRes no Reino Unido indicou que 65% das pessoas fazem resoluções, mas apenas 12% conseguem executá-las com suce (...)

  • 03 janeiro

    Vai viajar? Leve lanches leves e faça refeições pequenas. Frutas secas e barrinhas são opção para comer dirigindo porque dão energia. Na estrada, é comum o corpo inchar porque passamos horas sentado. Por isso, evite embutidos e alimentos com muito sódio. Prefira alimentos com cálcio, magnésio e potássio. Dão saciedade: frutas, pão integral, proteína Dão energia: frutas secas, barrinhas Diminuem o inchaço: leite, iogurte, frutas secas, folhas escuras, produtos integrais Seja (...)

  • 27 dezembro

    Quanto tempo de exercício é preciso fazer para começar a colher os benefícios para a saúde? Alguns dias? Semanas? Meses? Um novo estudo publicado no periódico da Associação Médica Americana aponta que uma única sessão de atividade física gera efeitos imediatos, protegendo o coração. A equipe liderada por Dick Thijssen, professor de Fisiologia Cardiovascular e Exercícios da Universidade Liverpool John Moores, no Reino Unido, analisou uma série de pesquisas com roedores. Ataques card&i (...)

  • 27 dezembro

    A ajuda médica imediata é fundamental para limitar os danos ao cérebro, muitas vezes devastadores, de pacientes que sofrem um Acidente Vascular Cerebral (AVC) – conhecido também como derrame cerebral. Tal intervenção pode, de fato, marcar a diferença entre ter uma lesão cerebral leve ou uma grave incapacidade ou até morte. No entanto, a maioria das pessoas que sofre deste mal não identifica o que está acontecendo no momento de um derrame e deixa de buscar ajuda mesmo várias horas depois dos primeiros sinto (...)

  • 29 novembro

    Campanhas de saúde pública já alertam a população acerca dos riscos à saúde advindos da obesidade. Um dos mais citados é o desenvolvimento da resistência à insulina (diabetes tipo 2), quando o hormônio utilizado para metabolizar a glicose torna-se insuficiente. No entanto, o porquê desse fenômeno acontecer não está muito bem estabelecido pela ciência -- ainda mais quando se consideram os complicados mecanismos moleculares envolvidos. Em estudo publicado nesta terça-feira (28) na "Na (...)

  • 03 novembro

    O processo de desenvolvimento do Alzheimer ainda não é completamente conhecido pela ciência e um novo estudo, publicado nesta terça-feira no periódico “Molecular Psychiatry”, sugere que um tipo de proteína produzida em todo o corpo é capaz de ultrapassar a barreira protetora do cérebro, provocando a doença. Além disso, o experimento realizado com camundongos demonstrou que a condição talvez possa ser transmitida pela transfusão de sangue. Neurônios afetados pelos fatores neuroinflamat&oa (...)

  • 16 outubro

    A obesidade nos EUA atingiu um novo patamar máximo e já afeta 39,6% da população adulta, segundo um relatório governamental publicado nesta sexta-feira. Os especialistas estão preocupados porque a condição está associada com outras enfermidades, como doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer. A taxa de obesidade dos adultos nos EUA vem crescendo regularmente desde 1999, ano em que se situava em 30,5%. "Entre 1999-2000 e 2015-2016 observa-se uma clara tendência crescente da obesidade tanto entre (...)

  • 27 setembro

    A britânica (que não divulgou seu sobrenome) sofre do transtorno de despersonalização, cujos portadores se sentem desconectados de seu corpo e do mundo ao seu redor. O distúrbio mental faz o mundo parecer surreal, estar sob um nevoeiro ou bidimensional. 'Já temos um Tietê por Estado': 81% dos municípios despejam esgoto em rios Como má qualidade do sono em mulheres com mais de 40 anos prejudica a saúde. E o problema, apesar de pouco conhecido, não é tão incomum: estima-se que afete uma a cada 100 pessoas, (...)

  • 19 setembro

    A cantora Lady Gaga cancelou sua participação no Rock in Rio, com informação confirmada nesta quinta-feira (14). Ela relata fortes dores e que está impossibilitada de fazer apresentações. Gaga está sendo submetida a um tratamento por profissionais médicos especializados. Pelas redes sociais, Gaga disse que sofre de fibromialgia, uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura. O que é a síndrome? A Síndrome da Dor Generalizada atinge 5% da populaç (...)

  • 12 setembro

    Soro caseiro, nome popular do soro de reidratação oral, é uma solução feita composta por água, sal e açúcar que ajuda a combater a desidratação, causada principalmente por vômitos e diarreia. A solução tem sido usada no Brasil desde a década de 70 e, segundo o Ministério da Saúde, o soro caseiro contribuiu para reduzir a mortalidade infantil ocasionada pela desidratação em todo o mundo. Receita: como preparar o soro caseiro Para se preparar o soro caseiro é preci (...)

  • 05 setembro

    Gases e inchaço abdominal são sintomas gastro-intestinais muito comuns. Estes sintomas são muito comuns nos pacientes com Síndrome do Intestino Irritável e outros distúrbios funcionais gastro-intestinais, também conhecidos como Distúrbios do Eixo Cérebro-Intestino. Apesar disso, os gases ainda não são completamente compreendidos pela medicina. Principais causas para os gases e inchaço abdominal As possíveis causas para os gases e inchaço abdominal são diversas e complexas, sendo que sua ma (...)

  • 28 agosto

    Passado apenas da mãe para a prole, o DNA mitocondrial pode ter grande influência no risco de desenvolvimento de transtornos do espectro autista (TEA) pelos seus filhos, o que significa que algumas populações podem estar mais sujeitas ao problema do que outras. A indicação é de estudo de cientistas do Hospital Infantil da Filadélfia, pioneiros na análise da genética mitocondrial e suas mutações – que resultaram em diferentes “linhagens” conhecidas como haplótipos - para tentar reconstruir (...)

  • 21 agosto

    Uma tentativa de detectar o câncer precocemente e de uma forma não invasiva, cientistas do Centro Kimmel para o Câncer, da Universidade Johns Hopkins, EUA, desenvolveram um teste que dizem ser capaz de detectar mesmo pequenas quantidades de DNA específico da doença, tendo usado-o para identificar de forma acurada mais de metade dos casos de 138 pessoas que estavam com câncer colorretal, de mama, pulmão ou ovário em estágios iniciais. O teste, dizem os cientistas, tem como novidade a capacidade de distinguir o DNA liberado pelos tumores (...)

  • 14 agosto

    Se fosse possível tornar real um elemento das histórias fantásticas, muita gente escolheria a fonte da juventude. Com os avanços da medicina, no entanto, isso talvez não seja mais necessário. Estudos desenvolvidos nos Estados Unidos e na Espanha mostram que uma dieta 30% menos calórica pode reduzir o envelhecimento por atuar positivamente sobre o relógio biológico. Para estabelecer conexões entre o relógio biológico e o envelhecimento, os cientistas do Centro de Epigenética e Metabolismo da Universidade d (...)

  • 25 julho

    Cerca de 47 milhões de pessoas sofrem de demência em todo o mundo, mas esse número poderia ser significativamente menor com mudanças de estilo de vida da população. Um estudo publicado nesta quinta-feira na revista “Lancet”, e apresentado na Conferência Internacional da Alzheimer’s Association, em Londres, aponta que um em cada três casos da doença poderiam ser evitados pela adoção de hábitos mais saudáveis durante a vida. Os cientistas também destacam os benefícios de interve (...)

  • 17 julho

    É difícil manter uma alimentação regrada o tempo todo, mas fazer pequenas melhorias ao escolher alimentos mais saudáveis de vez em quando pode aumentar significativamente as chances de viver mais, segundo um estudo americano publicado nesta quarta-feira. A pesquisa demonstra que os riscos de uma morte prematura podem ser reduzidos em até 17% a partir de uma dieta mais saudável. O estudo, publicado no New England Journal of Medicine, é o primeiro a mostrar que melhorar a qualidade da alimentação ao longo de pelo menos 12 anos (...)

  • 11 julho

    BRASÍLIA - Organizações não governamentais e o Conselho Nacional de Saúde iniciaram semana passada um movimento para aumentar impostos de um dos produtos associados com a escalada da obesidade no País: os refrigerantes. Embora o Brasil seja signatário de planos que recomendam a elevação dos tributos de bebidas açucaradas como forma de conter o avanço da doença, associações afirmam que as iniciativas registradas até agora são muito tímidas. “O Brasil está financian (...)

  • 11 julho

    Um estudo publicado nesta terça-feira na revista científica "Radiology" mostrou que sinais de Parkinson podem ser identificados precocemente a partir de alterações na visão dos pacientes. De acordo com pesquisadores, essa característica pode ser importante para ajudar na detecção rápida da doença. Os pesquisadores afirmam que, embora o Parkinson, que é uma doença neurodegenerativa, esteja ligado principalmente a problemas motores, ele também pode ter reflexos não-motores. Entre os sintomas que pod (...)

  • 13 junho

    Em novo levantamento divulgado nesta segunda com base nos dados da série “Fardo Global das Doenças” (GBD, na sigla em inglês), uma colaboração internacional de médicos e pesquisadores reunida pelo Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (IHME, também em inglês) da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, aponta que cerca de 2,2 bilhões de pessoas, ou 30% da população mundial, estavam com sobrepeso ou eram obesas em 2015. Definidas como um índice de massa corporal ( (...)

  • 06 junho

    Uma pesquisa da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, descobriu um efeito destruidor da privação do sono. Segundo o estudo, publicado no periódico "Journal of Neuroscience", a falta de sono leva o cérebro a se consumir, em um processo chamado fagocitose astrocítica. Na experiência, camundongos que tiveram seu sono regular respeitado foram comparados com outros que foram privados de dormir por cinco noites seguidas. "Nós mostramos pela primeira vez que porções de sinapses são literalmente comidas por ast (...)

  • 30 maio

    O “nevoeiro mental” frequentemente experimentado por pacientes de câncer de mama após a quimioterapia pode ser devido mais ao estresse pós-traumático do que em razão dos medicamentos usados contra o câncer, sugere um novo estudo publicado recentemente no “ Journal of the National Cancer Institute”. - Pacientes que se queixam de problemas cognitivos podem na verdade estarem sofrendo com estresse pós-traumático ou outras consequências psicológicas substanciais advindas do fato de terem câncer, que po (...)

  • 26 maio

    Pesquisadores brasileiros estão experimentando um novo tratamento para queimaduras graves usando a pele de tilápia, um procedimento pouco ortodoxo que, segundo eles, é capaz de aliviar a dor das vítimas e reduzir custos médicos. Já há muito tempo utiliza-se pele de porco congelada e até tecido humano para manter queimaduras úmidas e permitir a transferência de colágeno, uma proteína que promove a cicatrização. No entanto, os hospitais públicos do Brasil carecem de suprimentos de pele humana e (...)

  • 18 maio

    Uma pesquisa da Universidade de Sydney revelou que o risco de ter um ataque cardíaco é 17 vezes maior após uma infecção respiratória. De acordo com o estudo, publicado, nesta segunda-feira, no Internal Medicine Journal, doenças como pneumonia, gripe ou bronquite podem desencadear o problema no coração. Os dados mostram que o aumento no risco de ataque cardíaco não acontece necessariamente somente no início dos sintomas da infecção respiratória, mas que atinge picos nos primeiros sete dias e (...)

  • 10 maio

    Um estudo pioneiro realizado no Reino Unido conseguiu detectar o glaucoma muito antes de qualquer sintoma se manifestar, abrindo caminho para que o tratamento da doença seja feito de forma extremamente precoce, o que aumenta as chances de sucesso. O glaucoma afeta 60 milhões de pessoas em todo o mundo, e uma em cada dez sofre perda total da visão em ambos os olhos. A doença não tem cura, mas existem tratamentos eficazes. E a detecção precoce significa que os médicos podem iniciar tratamentos antes que a perda de visão comece. Os ens (...)

  • 02 maio

    Um estudo publicado na revista "Radiology", nesta terça-feira, comprovou que o peso pode, de fato, influenciar diretamente na saúde dos joelhos. A pesquisa mostrou que pessoas obesas ou acima do peso que perderam quantidade relevante de quilos durante um período de 48 meses apresentaram também menor degeneração da cartilagem do joelho. A pesquisa desenvolvida pela Sociedade Americana de Radiologia analisou 640 pacientes com excesso de peso e com fatores de risco para osteoartrite, ou evidência da doença. Durante o estudo, os cientistas esta (...)

  • 24 abril

    Pessoas que usam suas bicicletas para ir ao trabalho têm risco substancialmente menor de desenvolver câncer ou doença cardíaca ou mesmo de morte prematura, diz um estudo divulgado nesta quinta-feira. Segundo os responsáveis pela pesquisa, publicada na revista médica "British Medical Journal", os governos devem fazer tudo para incentivar o uso desse meio transporte pelos trabalhadores. Os pesquisadores descobriram que pedalar para o trabalho está ligado a benefícios significativos para a saúde, incluindo um risco 45% menor de desenvolv (...)

  • 17 abril

    Ministério da Saúde anunciou na quinta-feira (13) a decisão de antecipar a campanha de vacinação contra a gripe em 2017. Ao contrário de 2016, quando o maior número de registros foi do H1N1, neste ano a maior circulação tem sido do tipo H3N2, aponta a presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBI), Isabella Ballalai. De acordo com a médica, a antecipação do calendário é uma medida acertada, já que no ano passado os casos surigiram antes do esperado, o que provocou uma (...)

  • 10 abril

    A chamada tosse do fumante é muito comum, tanto em quem ainda fuma quanto nos que pararam há pouco tempo com o tabagismo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 210 milhões de pessoas em todo o planeta sofrem desse mal, cujo nome oficial é doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). A DPOC é um perigo porque pode reunir uma série de doenças crônicas pulmonares, como enfisema e bronquite. Por conta disso, o Departamento de Saúde Pública do Reino Unido iniciou recentemente uma campan (...)

  • 20 março

    Alguns são os motivos que fazem alguém começar a fumar – mas existem outros tantos (e muito mais importantes) para se largar o vício. Um dado alarmante divulgado no início de 2017 pelo Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é um deles. De acordo com o levantamento dos dois órgãos, oito milhões de pessoas morrerão até 2030 por doenças decorrentes do fumo. O número impressionante torna o tabagismo a maior causa evitáv (...)

  • 15 março

    Crianças que passam mais de três horas por dia diante da TV ou de um computador podem ter mais risco de desenvolver diabetes, segundo estudo divulgado esta semana por pesquisadores da Universidade de Londres. O aumento dos níveis de gordura corporal e a resistência à insulina em crianças teriam relação com períodos prolongados em frente a uma tela. Os fatores de risco do diabetes foram medidos em 4.495 crianças de nove e dez anos de escolas primárias de Londres, Birmingham e Leicester, no Reino Unido. As crianças (...)

  • 06 março

    Um adolescente francês que passou por uma terapia genética para anemia falciforme há dois anos tem agora glóbulos vermelhos suficientes para conter os efeitos do distúrbio, revelou uma pesquisa publicada no periódico "New England Journal of Medicine" nesta quinta-feira. Este é considerado um primeiro feito no mundo. A doença é causada por um erro em uma única "letra" do alfabeto genético para o material que compõe os glóbulos vermelhos. Quando estes são defeituosos, ganham o formato de foice, entup (...)

  • 02 março

    As festas acabaram, mas você ainda sente as consequências. Nessa época, a ressaca de Carnaval é normal para quem passa um pouco do ponto e exagera na comemoração. Termina a quarta-feira de cinzas e o primeiro pensamento ao acordar é de que talvez não devesse ter bebido tanto. Mas, como diz o ditado, depois que passa, não adianta chorar sobre o leite derramado. É hora de se recuperar e voltar à rotina. Alguns cuidados podem ajudar você.  Alimentos ajudam a curar a ressaca de Carnaval Poucas pessoas sabem, mas (...)

  • 20 fevereiro

    Ouvir música enquanto corre pode causar danos Um estudo realizado por cientistas da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, procurou o impacto de distrações visuais e sonoras durante a corrida em diferentes aspectos. Para isso, eles recrutaram 14 homens e mulheres corredores sem lesões e analisaram quantas vezes eles respiravam por minuto, quanto oxigênio o corpo utiliza para a atividade, a frequência cardíaca, a extensão das passadas e a força de reação do solo sobre o corpo do corredor. Para isso, os volun (...)

  • 13 fevereiro

    O câncer é a doença que mais mata adolescentes e adultos jovens — de 15 a 29 anos — no Brasil. No ranking geral, fica atrás apenas das “causas externas”, como são classificados os acidentes e as mortes violentas. A conclusão é de uma pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e pelo Ministério da Saúde, conforme adiantou a coluna de Ancelmo Gois. O estudo mostra que, no período de 2009 a 2013, morreram 17.527 pessoas nessa faixa etár (...)

  • 06 fevereiro

    Pessoas que sofrem de depressão ou ansiedade podem ter mais risco de morte causada por alguns tipos de câncer, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira. A análise da ficha clínica de mais de 160.000 adultos na Inglaterra e em Gales mostrou que os que declararam que sofriam problemas psicológicos eram mais propensos a morrer de câncer de cólon, próstata e pâncreas. Os pesquisadores ressaltaram que se trata de uma constatação estatística e que isso não significa que exista um vínculo causa-efeito (...)

  • 30 janeiro

    O câncer de tireoide tem mais de 95% de chance de cura. Como também é um tumor relativamente comum, há um número considerável de sobreviventes, que foram foco de um trabalho da Universidade de Utah, nos Estados Unidos. Ao comparar, ao longo dos anos, indicadores de saúde de 4 060 deles com dados de 18 mil indivíduos que nunca apresentaram a doença, os pesquisadores revelaram alguns efeitos de longo prazo do tratamento. Exemplo: quem é diagnosticado antes dos 40 anos possui um risco até cinco vezes maior de manifestar i (...)

  • 23 janeiro

    Dores de cabeça são um problema extremamente comum. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, estima-se que 76% das mulheres e 57% dos homens tenham pelo menos um episódio de dor de cabeça por mês. Muitas dessas dores são desencadeadas por atitudes do dia a dia, e por isso mesmo mudanças de rotina podem ajudar. "Os hábitos que podem aliviar dores correspondem às práticas que melhoram a saúde de maneira geral", pondera o neurologista Edson Issamu, especialista da Rede de Hospitais São Camilo de São (...)

  • 23 novembro

    Um copo de refrigerante ou de suco artificial é mais prejudicial à saúde que um cupcake, ao ponto de merecer ser alvo de mais impostos na luta contra a obesidade? Para a população de algumas cidades americanas, a resposta é sim. Em referendos na última eleição, eles aprovaram a criação de um imposto sobre bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos artificiais. Isso porque, diferentemente de bolinhos de chocolate vistosos, essas bebidas não são automaticamente vistas como uma ameaça &ag (...)

  • 18 novembro

    O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil. E é de olho naqueles que não se cuidam que a campanha Novembro Azul foi criada. O objetivo é levar informação e reduzir os números de mortes por causa da doença. Na Paraíba, pelo menos um homem é internado por dia com esse tipo de câncer. A doença é silenciosa e quando apresenta algum sintoma, pode ser tarde demais. O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata homens na Para&iacut (...)

  • 07 agosto

    O uso do fio dental é uma das recomendações mais universais de saúde pública. No entanto, há poucas provas de que usar fio dental realmente funciona. Ainda assim, a prática vem sendo recomendada há décadas por governos, associações de odontologia e fabricantes de fio dental. Quando o governo federal dos Estados Unidos divulgou suas diretrizes alimentares para os americanos este ano, a recomendação de uso de fio dental tinha sido removida. Em carta para a agência Associated Press, o governo afirmou (...)

  • 07 agosto

    Mosquitos geneticamente modificados podem ser usados na batalha contra o vírus da zika na Flórida, caso os órgãos regulatórios os aprovem. Uma decisão sobre o assunto deve ser anunciado em breve, segundo a empresa Oxitec, que desenvolve os insetos. Os mosquitos trangênicos, que são submetidos a uma alteração genética para que seus descendentes morram antes de procriarem, estão sob a análise da Food and Drug Administration (FDA), órgão equivalente à Anvisa nos Estados Unidos. A Oxitec (...)

  • 07 agosto

    Um ano após as primeiras notificações de casos de microcefalia em Pernambuco - anteriores ao surto que viria a seguir -, mães de bebês portadores da malformação se unem ainda mais em busca de melhorias na saúde para os filhos. Nesta semana, a União de Mães de Anjos (UMA) começou a coletar as reivindicações de famílias de todo o estado para levar ao Governo de Pernambuco. De acordo com Germana Soares, presidente da UMA, a lista de problemas enfrentados pelas mães é extensa, envolvendo (...)

  • 03 agosto

    Do momento mais dramático da vida - o dia do seu nascimento - aos primeiros passos, palavras e refeições até o jardim de infância, a maioria de nós não consegue lembrar nada de nossos primeiros anos. As recordações parecem ser poucas e dispersas até certo momento bem à frente na infância. Por que isso ocorre? Essa lacuna no registro de nossas vidas intriga psicólogos, neurocientistas e linguistas há décadas. Era até uma pequena obsessão do pai da psicoterapia, Sigmund Freud, q (...)